Author Archives: TC

About TC

Antonio Carlos Martins Dias dos Santos, Contabilista (CRCSP266422) Fisiologista de Mergulho (CREFISP060443) Instrutor CMAS-UNESCO (I.3-00009) Instrutor para Mergulho Adaptado: HSA-I-043/89 Conselho Nacional de Instrutores: Membro efetivo Instrutor Profissional SINTASA MF2008 Linguas: Ingles, Espanhol, Portugues brasileiro. Atividades: Mergulho profissional raso e fundo, bellman-C, e Mergulho Amador instrutoria 25 anos.
 

Novidades em Angra dos Reis, e novos poin’ts com saida as segunda feira.

Seja o primeiro a comentar |

Em Nossa Inauguração em Angra Seetembro passado, tivemos tudo, churrasco,passeios, mergulhos ilimitados e muita diversão. Neste verão, muitas novidades em mergulhos, com a inclusão dos MPV na laje de Santos e Ilha deQueimada Grande, saindo de Guaruja e São vicente as segunda feira.

Homenagem ao Nadador  e instrutor de mergulho Nícholas dos Santos. Nós todos estamos com voces, César Cielo, Henrique Barbosa,Vinicius Waked, Fabiola Molina, pois conhecemos a lisura, e a trajetória profissional de todos voces. Estamos com voces até debaixo d’água.

Setembro foi uma festa de mergulho: Reinauguração De nossa base de apoio em Angra dos Reis, em Parceria com Pousada Verdemar-próximo ao Colégio Naval e Clube Nautico- Estrada do Contorno. Reservas pelo telefone:  Já estamos a pleno vapor com agendas, em outubro e novembro. Mergulhos nos melhors poin’ts de Angra dos Reis. Vale a pena conferir.

 

Cadeiras de rodas e bengalas, não são mais o limite.

Comentários (2) |

Deficientes fisícos em mergulho - Arraial do Cabo.

Não fique surpreso ao ver limitados, mergulhando o com grupo TC. Seja um obeso, um surdo mudo, um cego, paraplégico,amputados, sequelados de talidomida, ou paralisia, ou um  tetraplégico, e daí pra fora… Pode ver tambem com frequencia crianças com 8 aninhos e idosos com 80 anos, agregando valor em nossas expedições de mergulho, e mergulhando como todo grupo. Chegamos a maturidade de informações no preparo do mergulhador sem limites. Não é milagre e nem aventuras arriscadas. É um trabalho que vem crescendo no mundo todo e integrando o cidadão “deficiente” ao mundo dos “eficientes”. Trata-se de uma inovação de mergulho adaptado que criamos a partir dos anos 70. Demos um nome sugestivo na época, que virou até camisetas, e lei municipal “ Humanitarian Dive”. Isso é pura técnica sem preconceitos, e claro sem ambições, coisa de instrutores idealistas, com um vasto currículo de esperiência mergulhos e adaptações, criatividade, paciência e respeito ao próximo; Que fique claro a indiscutivel experiência de instrutoria, que inegavelmente precisa de conhecimentos de fisiologia, devido diferenças de  temperatura corpórea, perda de calor, riscos com ferimentos, trasporte sanguineo, sonda coletora de urina, escaras em posições desconfortáveis etc.

Não existe nenhuma “receitinha de bolo”, e muito menos fórmulas acadêmicas para isso, como gosta o “glamour americano”. A pratica adaptada do mergulho deve ser compatível com o estado psicológico e físico do aluno, onde a gente sempre encontra uma adaptação para cada tipo de limitação. Para isso basta assumir uma postura semelhante no mundo dos limitados. A confiança entre aluno e instrutor deve ser expontanea. Experimente, é so tentar mudar os passos ou ficar de pé e sentir, que nossas pernas não respondem, e sentir as dificuldades, como se nossos intestinos e bechigas também não funcionassem, e se não tivessemos impulsos para caminhar,para ver, ouvir, falar, apesar de nossa vontade. Como vê, tudo fica mais difícil no mundo dos limitados. Por isso, desenvolvemos o trabalho desde 1980, com escassos recursos humanos, onde através do mergulho podemos fazer a pessoa deficiente, mudar do seu mundo escuro e estático, para um mundo colorido e agitado dos eficientes.  Quem tiver na família uma pessoa limitada, e puder ajudá-la oferecendo mais qualidade de vida, tente o mergulho e converse com a gente. Temos um jeitinho todo especial de devolver a qualidade de vida para os limitados, e certamente integrá-lo nessa sociedade de “eficientes”, e com certeza  permitindo uma melhor qualidade de vida, tanto na parte respirátoria, quanto na parte física, integração social e auto estima. O mergulho autonômo nos permite fluir na água com pequenos movimentos criados a partir da respiração, com uma ajuda auxiliar de evasão a mais no regulador, onde desencadeia movimentos abdominais, que são trasmitidos na extremidade, as nadadeiras, que tambem servem como coadjuvantes no equilibrio da flutuabilidade. Movimentos imitando golfinhos surgem espontaneamente, e o homem que a sociedade chama de “cadeirante”- (que por sinal, esse rótulo não me agrada nem um pouco) começa então a descobrir as maravilhas do fundo do mar.

Antonio Dias: instrutor fisiologista

 

A dança das certificadoras de mergulho

Seja o primeiro a comentar |

Esta, é a marca séria do mergulho oficial.

No mesmo barco da invasão cultural norte americana  ao nosso pais, chegaram as agremiações franchises credenciadoras de cursos de mergulho que passaram a certificar  alunos formados em cursos de mergulho autônomo, em Escolas tuteladas pelas mesmas agremiações, estrangeiras.
Trouxeram muita coisa boa, além da competitividade. Mais glamour na mídia, um forte marketing  promovendo lançamentos de equipamentos e novidades: divulgação de uso, forçando o comércio a se remodelar na área esportiva. As Industrias e importadores prosperaram  em seus negócios, e a disputa cada vez mais acirrada, deu ao mergulho um pouco mais de charme, assim como o marketing norte americano. Devido as facilidades de importação, o mergulho como esporte foi atraindo cada vez mais um numero gigantesco  de adeptos, não se restringindo mais a elite do passado, onde tudo era muito difícil, devido ao alto custo. Os veteranos do mergulho tupiniquim, geralmente com capacitação profissional, e experiência, de anos na atividade profissional, (ex-marinha, ex-mergulho fundo, ex-mergulho comercial, ex- sub work etc) foram se adaptando a nova onda do mergulho amador que somando aos portifólio de conhecimentos de anos a fio, nos mais diversos tipos de mergulhos e dificuldades, e começaram a migrar sua  técnica para o mergulho amador.  O mercado de mergulho cresceu exageradamente nos últimos 30 anos, transformando o setor em rentáveis atrações aos investidores do mercado de turismo, hotelaria, transportes, faculdades de turismo, restaurantes, bases operadoras lojas de produtos  escolas e hotelaria, beneficiando igualmente estudantes e profissionais de biologia, oceanografia e meio ambiente marinho, e agora,com mais procura pelos mergulhos profissionalizantes devido aos grandes investimentos nas obras do PAC, pré sal, turismo e outras atividades. Infelizmente para o setor, o modismo e a pressa, trouxeram para o setor profissionais mal preparados, sem qualificação suficiente para ministrar aulas e viver da atividade de mergulho. Isso além dos inúmeros acidentes, trouxe a dúvida para o candidato interessado em fazer um curso de mergulho, e qual credenciadora optar para certificar seu curso de mergulho.
Hoje já ficou mais claro, essa disputa para o mercado do ensino de mergulho. Os veteranos instrutores tupiniquins, que vieram de mergulhos comercial, com larga experiência,filiados ao ensino oficial, tiveram que se modernizar, em suas estruturas e equipamentos. Alinhando programas, mais suaves permitindo a pratica para mulheres e crianças, ao contrario do velho padrão de curso  extremamente rigoroso. Por sua vez, as agremiações estrangeiras, com um programa absolutamente fraco e instrutores despreparados, tiveram, que se adequar, promovendo cursos de preparação de instrutores, e por fim, foram se adequando também, as rivalidades com os vovôs do mergulho oficial. Enfim tudo acabou em Brasília, pra determinar a prioridade das certificações, exclusivamente na forma oficial, como quer e  a Confederação Brasileira desde 1983, que é a única entidade reconhecida pelo governo, com aval da CMAS-Unesco, Comitê olímpico internacional, e Brasileiro.
Cá entre nós, temos que opinar sobre a invasão cultural norte americana que desde os anos 60,  nem tudo trazido pelo glamour americano, foi benéfico para o pais, mas temos que concordar, que serviu em muito para empurrar o Brasil, pra onde se  encontra hoje. A atividade do mergulho, é um espelho dessa invasão.
Antonio D.Santos: Instrutor CMAS-UNESCO/SINTASA/HSA.

Um abraço Antonio Dias – TC TC Scuba Mergulho 16 36302033

 

Cursos Básico e Avançado

Comentários (13) |

CURSO BÁSICO: Sábado as 14 horas  e domingo as 10 hs. São 10 horas aulas de curso em piscina com 6 metros de profundidade. Todos os equipamentos disponíveis aos alunos, aulas teóricas e praticas, e simulação de diferentes mergulhos, como multinivel, naufragio, noturno, e cavernas. – treinamentos inéditos para o curso básico.

CURSO AVANÇADO II: Treinamentos diferenciados, exercícios respiratórios (inédito) resistência, busca e recuperação com lift bag, subidas de emergências, mergulho em condições extremas, compartilhamento de ar, simulação de acidentes e resgate. (Reserve sua vaga)!

 

 

 

CURSOS DE CAÇA; EM PROMOÇÃO CASADO COM CURSO AUTONOMO.

Comentários (6) |

Cavalas.

Salvando a moqueca do dia.

CAÇA SUBMARINA

Se você fizer um curso de mergulho nesses meses, você pode escolher alguns módulos, adicionais sem pagar nem um centavo a mais. Você pode fazer: CURSO ESPECIAL PARA CAÇA SUBMARINA, completo programa com treinamento e fisiologia de hiperventilação, e como se proteger de possíveis apagamentos, como se proteger dos possíveis acidentes barotraumáticos, como se movimentar adequadamente na água, como usar sua arma (arbalete ou pneumática), como escolher os acessórios de uso freqüente, como confeccionar atratores, como seguir éticas de caça, incluído documentação oficial após o curso. Obstáculos e alvos flutuantes são fornecidos durante o treinamento em piscina com 6 metros de profundidade. Técnica completa de exercícios de hiperventilação e aplicação, na prática desportiva, com absoluta segurança, impedindo envolvimentos com riscos de acidentes correlatos.

CURSO DE FOTOGRAFIA SUBMARINA

VICTOR HUGO

Experiencia de 9 anos, mergulhador desde os 4 anos.

Você aprende a escolher a câmera ideal, uso em água doce e água salgada, as limitações de luz, as interferências por salinidade, turbulência e partículas em suspensão, os efeitos paralaxe, as luzes e flash escravos ou intermediários, a escolha do momento certo, manipulação de câmeras diversas, analógicas e digitais,  presença de modelos, objetos, luz, artificial escrava, efeitos de cores adicionais com acrílico. Fornecemos câmeras fotográficas, para uso durante o curso, e demais equipamentos necessários

Mergulhador em treinamento de apnéia estatica

 


SOCORRISTA E SALVA VIDAS…

Este é um curso Profissionalizante completo, com todos os seguimentos de primeiros socorros, na água e fora d’água. Técnicas de resgate, na água, técnicas de reanimação, primeiros socorros em exercícios reais na água, fora d’água, com voluntários especializados, riscos constantes, insolação, hidrochoque, afogamento, pânico, estado de choque, parada cardíaca, hemorragias e ação do socorrista, atendimento imediato, RBB, RCP, intoxicações, alergias, bloqueio de glote, envenenamento por gases, hipotermia, hematose ( transporte sanguíneo). Obs: Para o curso de salva vidas em especial, temos uma fila de espera o ano todo, pois para este curso, selecionamos candidatos com habilidade em natação, e nem todos apresentam as condições exigidas. Encaminhamos ao mercado de trabalho, onde também temos uma seleção de procura, por clubes, entidades recreativas, escolas, represas, etc.

Todos os cursos de especialização incluem final de semana as margens da Represa do Rio Grande em lugar privilegiado, confortáveis acomodações, solteiro e casal, com treinamentos em campo, mergulhando em ruínas submersas, caça sub, resgate e fotografia. É efetuada a certificação de qualificação após o curso. As despesas com viagens, barcos, alimentação e transportes não estão inclusos no programa promocional.

 
 
Página 4 de 6« Primeira...3456